Amor não romantizado!

O amor aquele que vendem pra gente “romantizado” em novelas, livros de romances, sempre dizem que a gente depende do outro pra sermos felizes…
Na realidade a gente tem que ser feliz sem depender de ninguém, encontrar alguém que seja feliz sem depender de você também, quando as duas felicidades se encontram elas podem ser compartilhadas.

Roma Café
Arquivo Pessoal 2016 (Roma – Itália)

Você tem longos assuntos que parecem nunca acabar, você torce pela felicidade do outro e fica feliz pelas conquistas e vice versa, não existe brigas pq elas não são normais, existe divergências de opiniões e até saudável não encontrar alguém que concorde contigo em tudo mas que a pessoa saiba argumentar e não criticar seu ponto de vista, esteja aberta a ouvir porque você tem tal opinião e talvez juntos repensarem ambas as opiniões…

Relacionamentos não vivem só de “amor”, existe respeito, honestidade, sinceridade, transparência, companheirismo, ética, objetivos em comum, afinidades, empatia, educação moral entre outras coisas….

Você não quer mudar a outra pessoa, você tem consciência que você só pode mudar a si mesmo e que pessoas só mudam quando e se quiserem mudar, você gosta daquela pessoa com tudo que ela tem, você não fica querendo só as partes boas porque isso é fácil…

Lidar todo dia com alguém é saber as partes ruins e ainda assim entender que nós também somos assim, temos também nossas sombras a serem trabalhadas, estamos muito longe de sermos pessoas sem conflitos internos….

Que exista mais amor genuíno e menos amor romantizado, menos mulheres que idealizem aquelas relações de romances de livros, novelas, filmes e mais mulheres realmente esclarecidas sobre si mesmas e sobre o que querem sem deixarem a felicidade na mão de outrem ou achando que quando encontrarem alguém a vida delas irá mudar…

Porque a nossa vida muda quando a gente muda em relação a gente mesma, quando a gente se sente feliz consigo mesma e dai passa a atrair pessoas que se sintam assim consigo também e dai com certeza são relações equilibradas e saudáveis.

Uma animação produzida por Cecilia Baeriswyl chamada The Gift (O Presente em português  traduz exatamente o que esse texto quer dizer) para assistir clique aqui: https://youtu.be/eOFeSM1E2F0

Somos Todas Únicas